The dawning of the Environmental Ethics in the 21st century

Chapter of Proceedings book of The World Congress of Philosophy_ The Philosophy of Aristotle
(WCP2016), Volume II. Athens 2018.

António dos Santos Queirós
Center of Philosophy of the Faculty of Arts of University of Lisbon
Alameda da Universidade
1600-214 Lisboa   Portugal

Management and Valorization of Cultural Heritage in the Framework of Environmental Ethics

António dos Santos Queirós


Lisbon University, Portugal
Source Tittle: Analysis, Conservation, and Restoration of Tangible and Intangible Cultural Heritage

Globalization and Global Code of Tourism Ethics



António dos Santos Queirós (Lisbon University, Portugal)
Copyright: © 2019 |Pages: 26
DOI: 10.4018/978-1-5225-6983-1.ch008

Abstract

In the framework of the globalization of tourism this chapter discuss the concepts of modern Ethics and Moral, on a critical perspective to the dominant standpoint that set the morale in the order of the rules and social conventions and leave the ethics on the field of personal experience. Critical essay postulates three fundamental theses: 1. The environmental philosophy builds a new ontology created by the critique of anthropocentrism. 2. But, only their articulation with a new epistemology, founded in the critique of ethnocentrism, could lead to a new ethics universal theory. 3. However, the applied ethics of environmental philosophy needs a new global political ethics shaped on the critique against political alienation. Consequently Global Code of Ethics for Tourism must be refunded on the light of Environmental Philosophy and takes an imperative character.

Keywords
Alienation. Anthropocentrism. Aristóteles. Environment. Espinosa. Ethnocentrism. Jonas. Landscape. Leopold. Paradigm. Quental. Sena.

Origem e projeto filosófico de uma Bioética Global



António dos Santos Queirós[1]

Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, Portugal.



In Bioética, Filosofia e Biotecnologia,  Jorge Luis Gutiérrez / Sofia Valenzuela (organizadores)
Editora LiberArs, S.Paulo, Brasil, 2018. ISBN 978-85-9459-117-3. Pág.s 173-193https://www.liberars.com.br/bioetica-filosofia-e-biotecnologia

O pensamento político de Xi Jinping




Para uma Nova Era do Socialismo com caraterísticas chinesas
E  para a paz  e o desenvolvimento comum da Humanidade
                                       António dos Santos Queirós, professor e investigador
Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa
Secretário-Geral da Câmara de Cooperação e Desenvolvimento Portugal-China_ CCDPCh


Comunicação apresentada à Conferência realizada em Lisboa (Palácio da Ajuda), a 26 de novembro de 2018, sobre a obra teórica de XI Jinping, organizada pelo  Gabinete de Informação do Conselho de Estado da China, a Embaixada da República Popular da China em Portugal e o Grupo da Publicação Internacional da China.

The philosophical meaning of life and death




©António dos Santos Queirós
Todos os direitos de publicação reservados para o Centro de Investigação *


Universidade de Lisboa.  Faculdade de Letras.  Centro de Filosofia.
Alameda da Universidade 1600-214, Lisboa Portugal

O sentido da vida e da morte, na Filosofia

Resumo
Este ensaio breve propõe-se evidenciar a influência do pensamento epicurista original na evolução dos conceitos de natureza e de natureza humana, assinalando o seu reemergir, no advento da Filosofia Moderna e, no nosso tempo, com a Filosofia Ambiental. Partindo das cartas, fragmentos e máximas epicuristas, incidiremos a nossa reflexão, acerca da natureza, nos filosofemas sobre o sentido da vida e da morte.
Aqui discutiremos, no contexto das relações entre ciência e filosofia, a intuição fundamental de Epicuro que pressupunha que a natureza fosse explicada pelas suas próprias leis, mas onde era preciso incluir também o acaso e a contingência; e a intuição filosófica de Bento de Espinosa, segundo a qual Deus é Natureza desenvolvendo-se a si própria conforme leis que lhe são intrinsecamente necessárias; à luz das descobertas científicas contemporâneas que penetraram os segredos da origem do universo e da estrutura quântica da matéria.
Palavras-Chave: Filosofia. Ciência. Ética. Epicuro. Bento de Espinosa